O Pássaro - Resenha


Este é um livro que eu indico para os meus leitores que são românticos incorrigíveis, conhecedores do estilo, ou não. Sou um pouco restrita com os romances atuais que leio, mas podem ter certeza O Pássaro ganhou-me por completo. Há também uma novidade, esta é a primeira resenha do blog de um livro brasileiro atual. Samanta Holtz conquistou-me com sua escrita leve e doce. Eu e a Lara - a mais nova escritora - conhecemos a Samanta na Bienal do Livro do Ceará. Conversamos muito, nossos livros foram autografados e até conseguimos um "entrevista" informal que logo postarei. Mas vamos a história!

  
E é assim que começa o Pássaro. Caroline é uma jovem que nunca foi muito de acordo com as convenções da sua época, mesmo tendo tudo que uma menina da sua idade poderia desejar: dinheiro, um bom partido para casar e que a ame - Filip -, e um nome conhecido na sociedade. Mas sua indignação começa quando ainda criança tem um diálogo com o filho de um dos vassalos de seu pai, Bernado, um garoto que entende como o mundo é, e como quem tem dinheiro o controla. Após questionar ao pai porque o mundo é assim, sua vida e sua forma de ver o mundo nunca mais foi a mesma. Anos se passaram, até que em uma noite conturbada Caroline reencontra Bernado e os dois começam a lembrar de quando se conheceram  e desenvolvem uma amizade de amor e ódio, mas de muito companheirismo. Mas com o passar do tempo os dois vêem que tem algo em comum: a prisão em que vivem. Ela por estar presa a sociedade por ser quem é e ter o que tem; ele por estar preso a sociedade, ser um vassalo e não ter condições de sair dessa vida. 

Caroline e Bernado, mesmo tendo uma amizade conturbada e um sentimento estranho entre os dois, acabam sem querer entrando numa história de amor e enfrentando o sistema em que vivem. Uma história intensa, com segredos avassaladores, cheia de magia e nada previsível! Ao passo que vão se aproximando, percebem que suas vidas estão ligadas há muito tempo e há um povo diferente dos que estão acostumados, os ciganos, que para Caroline eram chamados de Malditos por serem nômades e pagãos. Mas algo mais além, há três gerações atrás esse povo fez grande diferença na vida dela.

Se recomendo essa leitura? Sim, muito. Peço que deixem qualquer preconceito literário por ser um livro brasileiro, pois eu também o tinha e vejo agora o quanto eu perdi com isso. Samanta Holtz tem outros dois livros já lançados Quero ser Beth Levitt e Renascer de um Outono. E quando você terminar de ler e bater aquela necessidade de mais, porque vai bater, a Samanta lançou recentemente um conto em ebook de Natal de O Pássaro, mas só leia depois de ler O Pássaro, tem spoilers fortíssimos (https://www.widbook.com/ebook/conto-de-natal-samanta-holtz)!

Até a próxima,
Dâmaris.

6 comentários:

  1. Oii, adorei seu blog, estou seguindo, dá uma olhadinha no meu, se gostar segue tbm.
    Obrigada! bjuxx :*
    http:// blogdadanielamachado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Seu blog é lindo, se quer um conselho foque em um tema e você terá mais membros <3

      Dâmaris

      Excluir
  2. Oi adorei a resenha, mas poeria ter contado um pouquinho mais.
    Queria saber aonde e porque os ciganos entram na história!
    Feliz Ano Novo!
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho muitos leitores que odeiam spoilers, se eu contasse daria o maior spoiler do livro. Maaas o que posso falar é que Bernado conhece os ciganos, e certo dia por causa de uma certa razão eles têm que ir conversar com a líder dos ciganos e daí a Caroline descobre sobre um segredo do seu passado. Mas leia, o livro é ótimo.

      Estou seguindo seu blog, ele é lindo!

      Excluir
  3. Querida Dama,

    Muito obrigada por publicar a resenha e dividir sua opinião com os leitores do blog!!! Fico muito feliz em saber que a leitura de O Pássaro representou a quebra de um "preconceito" em relação à literatura nacional contemporânea (muita gente ainda carrega essa ideia rs...)!! Espero que seja a porta de entrada para autores incríveis que proporcionarão leituras maravilhosas :)

    Beijos no coração, linda!!!

    ResponderExcluir
  4. Já vi o nome da Samanta Holtz em alguns blogs que visito, mas é a primeira vez que vejo a resenha desse livro. Não sei se foi a sua resenha ou a história do livro (provavelmente os dois), mas eu fiquei muito interessada em ler esse O Pássaro. O preconceito contra livros brasileiros ainda é forte, mas eu tenho notado que ele vem diminuindo aos poucos. Alguns autores nacionais tem tem conquistado espaço e respeito entre os leitores e pelo que tenho visto a Samanta está entre eles. Espero que continue assim.
    Adorei seu blog e já estou seguindo.
    Beijo,
    Camila

    http://blogconexoesliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir