Extraordinário - Resenha





Oiê! Então, essa semana li Extraordinário e fiquei apaixonada, pois é uma leitura simples, divertida e inspiradora. August Pullman, ou apenas Auggie é um garoto de 10 anos, que nasceu com uma rara síndrome genética que deixa o seu rosto deformado, e tem que conviver com os olhares indiscretos e muitas vezes assustados da sociedade. Apesar de sua estranha aparência e das inúmeras cirurgias que Auggie fez a fim de corrigir e melhorar sua aparência, ele é um garoto comum,inteligente e bastante divertido, porém nunca frequentou a escola sempre estudou em casa com o auxilio de sua mãe, mas agora seus pais acham que finamente ele está preparado para ir ao colégio, após muita relutância ele resolve ir com a condição de que se tivesse um bom motivo poderia deixar de frequentá-la. Na escola Auggie tem que encarar o desafio de lidar com a crueldade das crianças do ensino fundamental.





Bom, outro aspecto que amei no livro foram os preceitos do professor Browne, que é uma frase em que ele dá ao seus alunos mensalmente para que eles possam refletir sobre ela, e futuramente fazer os seu próprios preceitos.

Extraordinário é narrado em 1° pessoa, porém não é apenas o Auggie que narra o livro é dividido em oito partes, em que algumas são narradas por familiares e novos amigos, o que torna a leitura deliciosa, pois você pode ver como as pessoas que estão ao redor de Auggie se sentem em relação a ele, além da extraordinária observação de Auggie sobre o seu dia-a-dia.


Beijos,
Lara Alves.




3 comentários:

  1. Olá! Eu li esse livro e adorei, muito bom mesmo. Parabéns pela resenha gostei muito!!!

    Abraços e boas leituras! :D

    http://blog-imaginacaodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi! Adorei seu blog e sua postagem de hoje.
    Felicidades e sucesso. Bjs.

    http://juliana-editions.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Essa capa de Extraordinário sempre me chamou a atenção...

    ResponderExcluir