Sono Praiano (Dâmaris Lívia)



Hoje o mundo acordou triste, chocado, com raiva, dolorido e cheio de eufemismo pra falar da realidade.
Hoje eu acordei, meio sonolenta sentei-me em frente à televisão e vi meu sono ir embora e ser substituído pelo choque e repulsa. 
Hoje, hoje, hoje... triste saber que os sentimentos que permeiam o hoje irão embora na próxima semana. 

Me senti na incumbência de falar sobre isso, de crônicar sobre isso. Vi uma criança morta na praia pelo o egoísmo das grandes potências. Vejo nas redes sociais pessoas em uma comoção total, e dói saber que elas estão dentro de uma massa de manobra que é comovida, mas não sabem nem o nome do pobre menino, não sabem o motivo da morte, não entendem que o egoísmo que tanto criticam está nelas.